domingo, 13 de outubro de 2013

A Origem


Muitas pessoas têm me perguntado sobre a origem do Almanaque de Araque. Pois bem, em 1995, resolvi lançar um fanzine para dar vazão a minha intensa produção. Eu desenhava muito, criava de tudo um pouco, época de paixão visceral por quadrinhos. Escolhi o humor com como tema. Eu já sabia do Informativo de Quadrinhos Independentes, editado pelo grande batalhador Edgard Guimarães, de Brasópolis/MG. E assim aconteceu, o primeiro número foi lançado no nº 14 do boletim, referente a maio e junho daquele ano. Edgard é quem distribuía os meus fanzines. A minha criação durou apenas 4 números, mas ficou registrado o fato. Eu tive um fanzine! Que orgulho!, pois espaço para publicar profissionalmente neste País não há. Os anos passaram-se e me deu uma nostalgia danada. Escrevi para o Edgard para que ele me mandasse cópias dos exemplares, pois eu já não tinha mais nada. E ele, prontamente, prestativo como sempre foi, me remeteu as cópias. Pouco tempo depois, que equivale a este ano, tive a ideia de lançar o fanzine em livro. E assim ocorreu, o Almanaque de Araque, versão álbum, surgiu, por intermédio do site Clube de Autores. A felicidade é como se fosse um filho que nasce, orgulho idem. Filho bom, né, que não dá trabalho, rssss. E aproveitei o nome do fanzine para rebatizar o meu blog, tem tudo a ver com o conteúdo, cujo tema central é o humor. Tenho projetos de fazer o número 5, reformulado, moderno, com o meu estilo lapidado depois de tanto tempo de labuta, mas falta-me tempo, quem sabe em 2015, quando completar 20 anos de idade...

2 comentários:

  1. Caro Angelo, obrigado pela força, continue visitando o blog. O estádio da foto, já não existe mais. É o Torquato Pontes, do Rio-Grandense, de Rio Grande (RS), que ficava na Avenida Buarque de Macedo e foi trocado por um novo estádio na entrada da cidade, o "Colosso do Trevo". O jogo da foto era Rio-Grandense (licenciado no momento) X Brasil, de Pelotas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nilo, que legal, valeu pela informação. Abraço.

      Excluir